Líderes religiosos defendem eleições pacíficas

(Foto: O País)

O candidato do MPLA a Presidente da República, João Lourenço, recebeu em audiência ontem,em Luanda, representantes de 11 igrejas cristãs reconhecidas em Angola.

Os líderes religiosos que se reuniram com o Vice Presidente do MPLA, João Lourenço, foram unânimes em defender discursos harmoniosos e pacíficos, por parte dos candidatos a Presidente da República nas eleições gerais de 23 de Agosto próximo.

Dom Afonso Nunes, Bispo da Igreja Tocoísta, disse acreditar que qualquer líder político que use um discurso “musculado” não encontrará adesão, tendo apelado aos políticos mensagens que transmitam esperança, sendo missão da Igreja aconselhar e orientar os caminhos a seguir. O bispo da igreja Metodista, Gaspar Domingos, disse ser necessário que não haja “espírito de trapaça”.

“Os programas de governação devem ser exibidos, todos devemos examiná-los. Isto vai determinar a escolha que cada um fizer”, disse. Afirmou que a igreja que representa está sensibilizada de que deve tomar parte do processo eleitoral de forma consciente. Entende ainda que ao reunir com os líderes religiosos para o encontro, o MPLA quer contemplar a igreja dentro do seu programa. (O País)

DEIXE UMA RESPOSTA