Israel retira equipamentos de segurança mas persiste tensão em Jerusalém

Forças de segurança israelitas fazem a guarda enquanto muçulmanos palestinos rezam na entrada principal da mesquita Al-Aqsa (AFP / Ahmad GHARABLI )

Israel retirou mais equipamentos de segurança instalados na entrada da Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém.

E centenas de palestinianos reuniram-se, nesta quinta-feira, no exterior do local sagrado, tanto para os muçulmanos como para os judeus, para comemorar a retirada das medidas de segurança.

Na passada quarta-feira, na esperança de acalmar a agitação, Israel removeu os detetores de metais das entradas das mesquitas e pretendia substituí-los por um sitema de videovigilância – algo inaceitável para os palestinianos e Israel acabou por ceder à pressão.

Os fiéis têm vindo a fazer orações de protesto desde que Israel instalou estas medidas de segurança, depois da morte de dois polícias – algo que provocou os confrontos mais sangrentos dos últimos anos. Um conflito que ultrapassa os dispositivos de segurança e que está relacionado com questões de soberania ou liberdade religiosa. (Euronews)

DEIXE UMA RESPOSTA