Huíla:Ministro anuncia segunda fase da reabilitação do Porto do Namibe

Ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás (Foto: Francisco Miudo/Arquivo)

O ministro dos transportes, Augusto da Silva Tomás, anunciou quarta-feira, no Lubango, o arranque, para breve, da segunda fase da reabilitação do Porto do Namibe, que passará pela duplicação do cais.

O ministro, que falava uma reunião de balanço das empresas públicas de transportes de Angola, que juntou quadros do sector dos transportes das províncias de Cabinda, Zaire, Benguela, Luanda, Namibe e Huíla, afirmou que a intervenção no Porto do Namibe se incidirá também na construção de um terminal de contentores frigorífico, de 30 mil metros quadrados de parque para contentores cheios e vazios.

“O projecto vai integrar a instalação do sistema de abastecimento de água para os navios ao longo dos 240 metros de cais, para além da instalação de duas torres de iluminação, cujos investimentos serão muito significativos neste domínio”, disse.

Destacou os investimentos de menor montra, com fundos próprios da empresa, que incidiram sobre a aquisição de equipamentos de carga e transporte, edifícios e outras construções e equipamentos básicos.

Augusto Tomás considerou, deste modo, que a infra-estrutura do Porto do Namibe é bastante essencial e contribui para o desenvolvimento das províncias do Sul de Angola.

“Interligando com o Caminho de Ferro de Moçâmedes, o Porto do Namibe será cada vez mais utilizado para a exportação de minério, no âmbito dos diversos projectos que estão em curso na região sul de Angola, e outros que certamente vão surgir, nomeadamente as minas de ferro de Cassinga”, revelou.

Referiu que as três infra-estruturas de transporte, como o Caminho-de-ferro de Moçâmedes, Portos e o Aeroportos, devidamente apoiadas por uma rede de transporte rodoviário e por plataformas logísticas, vão assegurar as condições de mobilidade de pessoas e carga que suportarão o desenvolvimento económico do país. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA