Guineenses reclamam do aumento dos preços dos produtos

(DR)

Nem produtos nacionais escapam
A subida de preços de produtos da primeira necessidade, nas ultimas semanas, está a preocupar os guineenses.

Muitos defendem a falta de intervenção do Estado para conter a constante especulação dos produtos essenciais de consumo a nível do mercado interno.

O preço de um equilo de arroz, base da dieta alimentar dos guineenses, subiu de 350 para 500 francos CFA, ou seja, um dólar.

Desta vez, até os legumes produzidos no país subiram de preços, o que para muitos é algo estranho. (Voa)

DEIXE UMA RESPOSTA