Flash tem os dias contados

(DR)

O popular plug-in Flash tem sido o suporte à visualização de vídeos durante largos anos. No entanto, a Adobe decidiu descontinuar o software, que não deverá passar do ano 2020.

Nos últimos anos, o plug-in tem sido alvo de críticas, principalmente no que diz respeito às vulnerabilidades a si associadas, o que o tornou numa porta de entrada de malware por parte de hackers. Nos últimos anos, a rival tecnologia HTML5 tem sido capaz de oferecer as mesmas funcionalidades, com um menor risco para os utilizadores.

A Apple foi uma das maiores empresas a criticar, apontando a falta de segurança, fiabilidade e performance como pontos negativos. Além disso, o sistema operativo da Apple nunca suportou o plug-in.

Face à realidade, a Adobe decidiu anunciar o fim do Flash. O vice presidente afirma existirem agora tecnologias evoluídas o suficiente capazes de oferecer os mesmos benefícios que o Flash, tal como o HTML5. (Maistecnologia)

DEIXE UMA RESPOSTA