Cunene: Registados mais de 16 mil movimentos migratórios entre Angola/Namíbia

Cunene: Posto Aduaneira da Santa-Clara (Foto: José Cachiva)

Dezasseis mil e 527 movimentos migratórios entre entrada e saídas, foram registados, nos últimos sete dias, nos diferentes postos fronteiriços da província do Cunene (Angola), com a República da Namíbia, pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME).

Os dados constam de uma nota do SME que a Angop teve acesso hoje, sábado, sobre o movimento terrestre verificado nos postos fronteiriços de Santa-Clara, Ruacaná, Okalonga e Calueque, 10 mil e 628 são nacionais e 5.899 estrangeiros.

Entre os estrangeiros, na lista constam cidadãos de nacionalidade namibiana, sul-africana, portuguesa, brasileira, chinesa, alemã, cubana, congolesa, zambiana, da qual mil e 431 são turistas, 15 residentes e 33 trabalhadores não residentes.

Durante o período em referência, o SME registou sete infracções migratória relacionada com a permanência ilegal de um estrangeiro de nacionalidade portuguesa, fruto das acções de fiscalização realizadas em hotéis, pensões e nos locais de maior concentração populacional.

A província do Cunene partilha 460 quilómetros de fronteira terrestre com a região Norte da República da Namíbia, destes 120 são fluviais. (ANGOP)

2 COMENTÁRIOS

  1. A fronteira do cunene exige uma concentração maxima por parte do governo Angolano uma vez que são feitos traficos de menores,entrada de drogas(produtos mal fiscalizados) por parte das policias burocraticos,corruptos que tudo por dinheiro é feito a fronteira Angolana.já se pergunataram a varios anos atraz a Namibia não tinha bastante carne bovina dentre outras especies e agora tem muito porque tudo saia de Angola e passava-se pelas fronteiras mais para alem disso Angola ate agora so beneficia a Namibia muitos Angolanos a estudarem lá e muita corrupção nas escolas e a receberem todos os dolares por transferencias e das divisas Angolanas so para ter visto a uma corrupção lá Angolanos são maltratados e explorados pelos arrendamentos de casa mais mesmo assim Angola nao se beneficie nada deste país Namibia são cruês com os Angolanos roubam tudo quanto soberem aquele é Angolano essa embaixada nao serve do nada é so fazerem uma investigação oor parte de todos Angolano que lá residem e veram o que vao dizer os Namibianos so considera o Angolano se tiver dinheiro se nao o resto é lixo

  2. Qualquer estrangeiro que saia de qualquer parte do mundo entra com tanta facilidade como se fosse no curral dos porcos e nao é so nesta fronteira de Namibia para Angola ou o inverso(Angola para Namibia) designa-se a todos os paisês que fazem fronteira com Angola digo isso por esperiência propria já a uma combinção por parte dos policias que o fulano que esta vir aí nao pode ser parado porque já lhes pagaram uma boa massa para passar sem ser fiscalizado ou tocado ou ate mesmo pra falar porque é dada já todas a assimetrias de como esta vestido ou entao dada uma foto

DEIXE UMA RESPOSTA