Cunene: Comunidade Koisan beneficia de registo de nascimento

Comunidade Koisan habitada no Cunene (Foto: José Cachiva)

Os membros da comunidade Khoisan residentes nas comunas de Evale, Nehone e Oshimolo, município do Cuanhama, beneficiaram de registo de nascimento, um acto que visa garantir o direito a nacionalidade angolana.

O delegado da Justiça e Direitos Humanos no Cunene, Adriano Gabriel Ndemupomito, que prestou a informação à Angop, neste domingo, disse que o registo dos khoisans vai permitir a sua identificação como cidadãos nacionais, e consequente participação na vida económica e social do país.

Sem avançar número, o responsável salientou que o processo, gratuito e contínuo, vai abranger todos os membros destes grupos localizados nos municípios do Cuanhama, Namacunde e Ombadja.

Afirmou que a instituição dispõe de meios técnicos e humanos para efectuar o registo, ao mesmo tempo que apelou à colaboração das autoridades do poder local, no sentido de mobilizar os membros da comunidade para a sua concentração num único ponto, para facilitar a tarefa.

“Os líderes desta comunidade (khoisans são povos nómadas) devem sensibilizar e mobilizar os membros que se encontram em localidades longínquas, para se aproximarem das aldeias onde o governo criou condições para o registo”, reiterou.

Assegurou que o Executivo vai continuar a desenvolver acções tendentes a garantir o registo em toda extensão da província do Cunene, de modo a que todos os cidadãos angolanos possam beneficiar deste direito consagrado na Constituição.
(Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA