Cuando Cubango: ONG continua aposta na inclusão social de grupos étnicos

Crianças no centro infantil (Foto: Angop/Arquivo)

A organização não governamental “Walalepo Jeová Sabaoth” continua a apostar na inclusão social dos mais variados grupo étnicos existentes no país informou, nesta quarta-feira, em Menongue, Cuando Cubango, a coordenadora da instituição, Elisabete Chaves.

Em declarações à imprensa, no âmbito da sua visita à província do Cuando Cubango, Elisabete Chaves, disse que a par do trabalho realizado pelo Executivo a Walalepo Jeová Sabaoth tem ajudado com o seu trabalho na inclusão social de vários grupos étnicos em todo território nacional.

Apontou o Ministério da Assistência e Reinserção Social, Instituto Nacional da Criança, Ministério da Juventude e Desportos e a Fundação Sagrada Esperança como principais parceiros neste processo.

Salientou que tais parcerias têm permitido a deslocação da sua organização filantrópica nas comunidades para ouvir as suas necessidades e dificuldades e encontrar meios para poder solucionar os seus principais problemas.

Revelou que no âmbito das suas atribuições, a organização vai levar alguns membros das distintas comunidades étnicas para Luanda, como forma de mostrar que o Executivo se importa com elas e por formas a conhecerem a cidade capital do país.

Disse ainda que a intenção é permitir que tenham conhecimentos dos seus direitos e deveres, através de programas sustentáveis, nomeadamente furos de água, entre outros meios necessários para terem uma vida condigna.

Informou que a campanha não circunscreve-se apenas ao Cuando Cubango, mas engloba outras três províncias do sul de Angola, nomeadamente Namibe, Huíla e Cunene. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA