Ler Agora:
China reforça advertência ao Botswana sobre hospedagem a Dalai Lama
Artigo completo 1 minutos de leitura

China reforça advertência ao Botswana sobre hospedagem a Dalai Lama

A China intensificou os avisos ao Botswana, na quarta-feira, sobre uma visita planeada do líder espiritual tibetano exilado, o Dalai Lama, no próximo mês, exigindo que a nação africana respeite os principais interesses da China.

O Dalai Lama, apontado por Pequim como um separatista perigoso, deverá participar numa conferência de direitos humanos na capital, Gaborone, de 17 a 19 de Agosto, e também encontrar-se-á com o presidente do Botswana. A China é um importante investidor da economia tswanesa.

“As questões relativas ao Tibete dizem respeito à soberania e à integridade do território da China. Exigimos que o país respeite os interesses fundamentais da China e tome a decisão política correta sobre esse assunto “, disse um representante dos negócios estrangeiros do país asiático, usando uma linguagem mais forte do que antes, sobre o assunto.

“A China não interferirá nos assuntos internos de outros países, mas certamente não tolerará que outro países prejudiquem os principais interesses da China”, acrescentou.

O Dalai Lama, que fugiu do Tibete para o exílio na Índia em 1959, após uma revolta fracassada contra o governo chinês. (AFricanews)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »