Cabinda: SIC apresenta supostos assassinos de uma cidadã em Cacongo

Dezenas de jovens detidos após tiroteio em Cabinda (VOA)

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Cabinda apresentou, quinta-feira, à imprensa dois presumíveis marginais envolvidos na morte de uma cidadã, Josefina Muanda Gomes, de 38 anos, que se encontrava em estado de gestão de três meses.

Trata-se de Félix Cambizi Mavungo de 24 anos de idade e José Massuela Mangovo, de 27, acusados, por isso, de terem cometido o crime de homicídio qualificado. O facto ocorreu no dia seis do corrente mês no município de Cacongo.

Tudo aconteceu quando os supostos criminosos simularam terem uma quantidade considerável de banana para ser vendida, ao que, a vítima se mostrou interessada em adquiri-la.

Convencida das reais intenções dos agora acusados, Josefina Muanda Gomes deslocou-se para um campo de bananal, local de encontro combinado, em Lândana, onde, contrariamente ao objectivo aparantemente acordado, os seus algozes partiram para a agressão obrigando-na a manter coito forçado, seguindo-se uma sessão de golpes fatais.

Os supostos criminosos confessaram o crime, à imprensa, mostrando-se arrependidos por terem cometido tão bárbaro acto.

O responsável do SIC no município de Cacongo, sub-inspector, José Domingos Wenica, disse que só foi possível apurar-se o facto mediante denúncia do esposo da vítima, que ao notar o desaparecimento da sua companheira por mais de 24 horas, comunicou o facto às autoridades policiais que realizaram as devidas diligências e permitiram encontrar o cadáver da vítima.

De acordo com o oficial da SIC, a ser provado o crime, Felix Mavungo e José Massuela Mangovo incorrem numa pena máxima de 24 anos. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA