Benguela: Polícia Nacional destrói mais de 400 armas de fogo

BIÉ: POLÍCIA RECOLHE ARMAS DE FOGO EM POSSE ILEGAL DA POPULAÇÃO (FOTO: AURÉLIO SEGUNDA MOURINHO)

Quatrocentas e 91 armas de fogo em estado obsoletas foram destruídas, segunda-feira, em Benguela, pelo Comando Provincial da Polícia Nacional, em parceria com a empresa Hello Trust, no âmbito do processo de desarmamento a população.

De acordo com o porta-voz da corporação, Intendente Pinto Caimbambo, que falava hoje à Angop, foram igualmente destruídos e 3.653 carregadores e 2.540 munições

O responsável deu ainda a conhecer que o material destruído figura das 1.499 armas arrecadadas no período de 2010/2017, destas 1.008 estão operacionais.

Pinto Caimbambo fez saber que, desde o início do processo de desarmamento da população civil, em 2008, já foram arrecadadas 3.862 armas diversas e 45.362 engenhos explosivos, das quais foram destruídas, em 2010, um total de 2.137 armas.

Por seu lado, o supervisor da Hello Trust Marcolino Lussat disse a Angop que o materialdestruído será reaproveitado para o fabrico de catanas e enxadas para o fomento da agricultura.

A cerimónia de destruição foi prestigiada pelosegundo comandante provincial da Polícia Nacional, sub-comissário Ernesto Hanyamunhe, e pelo director provincial da Ordem Pública, superintendente-chefe Carlos Mota. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA