Atentado no Egipto mata dez militares e deixa mais de 20 feridos

Durante os últimos três anos o Egito está realizando operações antiterroristas no norte da península do Sinai (DR)

Na sequência da explosão ocorrida na manhã desta sexta-feira morreram dez militares egípcios.

De acordo com Sky News Arabia, que cita fontes nos serviços de segurança locais, terroristas atacaram militares no povoado de el-Barth, ao sul da cidade de Rafah, que está perto da Faixa de Gaza. Segundo a AP, morreram 10 militares e mais de 20 ficaram feridos
.
Informa-se também que entre os militares mortos estava um de alta patente.

Durante os últimos três anos o Egipto está realizando operações antiterroristas no norte da península do Sinai, onde se concentraram grupos extremistas. As notícias sobre atentados nesta área são frequentes. Nos últimos tempos, centenas de pessoas morreram nestes atentados. (Sputnik)

DEIXE UMA RESPOSTA