Angola e Zâmbia podem aumentar volume de negócios

Vice-presidente em exercício da AN, Joana Lina (à dir.), recebe em audiência embaixador da Zâmbia em Angola, Lawrence Chalungumana (à esq.) (FOTO: ALBERTO JULIÃO)

O embaixador da República da Zâmbia em Angola, Lawrence Chalungumana, manifestou nesta quarta-feira, em Luanda, o interesse do seu país aumentar o volume de negócios com Angola, que actualmente ronda em um milhão de dólares norte-americanos.

O diplomata zambiano falava à imprensa, no final de um encontro com a presidente em exercício da Assembleia Nacional, Joana Lina, que serviu para fortalecer as relações bilaterais no domínio parlamentar e avaliar o estado de cumprimento dos acordos firmados entre os dois países na área do comércio.

Disse ser necessário incrementar o volume de negócios entre os dois Estados fundamentalmente na área do agro-negócio.

“Em termos de produtos de troca estamos a falar do milho e outros cereais, alimentação para os animais e o açúcar, que temos em abundância na Zâmbia e gostaríamos que Angola beneficiasse também desses bens”, precisou.

Lawrence Chalungumana, que chefia a missão diplomática zambiana em Angola desde Março deste ano, disse ter abordado também com a sua interlocutora a necessidade do fortalecimento das relações parlamentares entre os dois países.

Notou que Angola está num processo de transição e a Zâmbia apresenta um quadro fresco vindo duma transição recente.

“Portanto, o encontro enquadrou-se também no âmbito das boas práticas que os dois países podem aproveitar”, disse o diplomata zambiano.

Por outro lado, a presidente em exercício do Parlamento angolano, Joana Lina, dialogou também com o embaixador da União Europeia (UE) em Angola, Tomás Ulicny.

À saída do encontro, o representante da União Europeia em Angola não prestou declarações à imprensa. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA