Ler Agora:
Amangola garante trabalho árduo para vitória do MPLA nas Eleições
Artigo completo 2 minutos de leitura

Amangola garante trabalho árduo para vitória do MPLA nas Eleições

O vice-presidente da União das Associações Locais de Angola (Amangola) para as comunidades e mobilização, Tomas Bica Mumbundo, garantiu sábado, nesta cidade, que a sua organização vai trabalhar arduamente para sensibilizar a população angolana, no sentido de nas eleições de 23 de Agosto votarem no MPLA e no seu candidato a Presidente da República, João Lourenço.

Ao intervir no acto de lançamento do projecto ” Dialogo para o Voto Certo “, no distrito urbano do Zango – três, município de Viana, afirmou que a Amangola vai educar as comunidades para votarem no número quatro, tendo sublinhado que é o algarismo da estabilidade e continuidade.

Disse que a sua instituição vai apostar no MPLA, por ter avaliado que é o partido com o melhor Programa de Governação para o período 2017/2022, na qual entre os vários pressupostos, preenche os anseios principais da juventude, tais como o fomento do emprego, diversificação da economia e a promoção de Angola no mundo.

Referiu que o candidato do MPLA a Presidente da República já foi comissário político nas províncias do Moxico, Benguela e secretário-geral do partido.

Acrescentou que João Lourenço, desde muito sedo, assumiu com zelo e determinação cargos de responsabilidade pelo que mereceu a indicação por parte da sua organização política e do Presidente José Eduardo dos Santos.

O ” Dialogo para o Voto Certo “, que vai decorrer até 23 de Agosto, em todo país, tem como objectivo criar espaços e momentos de dialogo em torno das Eleições Gerais, particularmente do Boletim do Voto, no sentido de educar, controlar, acompanhar sobretudo os cépticos e os indecisos a votarem no MPLA e no seu candidato a Presidente da Republica, João Manuel Gonçalves Lourenço.

Consta das intenções do projecto, a divulgação do conteúdo do Programa de Governação/2017-2022 e o Manifesto Eleitoral do MPLA de forma massiva.

Os encontros vão ser assegurados pelo Secretariado da Comissão Directiva (a nível central), pelos delegados provinciais e municipais da Amangola. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »