Huawei P10 Plus – O novo flagship da Huawei

Huawei P10 (DR)

Lançado a Fevereiro deste ano, eis que nos chega o novo Huawei P10 plus. Esta versão mais crescida que o modelo P10, apresenta-se com um ecrã de 5,5″, 6 GB de RAM e 128 GB de memória interna. O processador é o mesmo do P10 pelo que se espera um desempenho acima da média.

Como já vem a ser hábito da Huawei, a parceria com a Leica mantém-se com a utilização de duas câmaras traseiras com especificações muito boas para um smartphone.

Especificações e acessórios

Dimensões: 153.5 x 74.2 x 7 mm
Peso: 165 g
Sistema Operativo: EMUI 5.1, Android 7.0 Nougat;
Ecrã: 5,5” Full HD; 2,5D
Câmara Traseira: Dual câmara 20MP+12MP, f/1.8, OIS, óticas Leica, Flash Duplo
Câmara frontal: 8 MP, f/1.9
Processador: Hisilicon Kirin 960, Octa-core (4×2.4 GHz Cortex-A73 & 4×1.8 GHz Cortex-A53)
GPU: Mali-G71 MP8
Memória RAM: 6 GB;
Armazenamento interno: 128 GB;
SIM+MicroSD até 256GB
Ligações: jack 3,5 mm jack
Sensores: impressões digitais; sensor de brilho; sensor de luz ambiente;
Conetividade: Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, dual-band, DLNA, WiFi Direct, hotspot
GPS: A-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO
Bluetooth 4.2;
USB Type C
Bateria: 3200 mAh de capacidade;

Design e Ecrã

É cada vez mais difícil os fabricantes de telefones inovarem no design. No entanto, a Huawei conseguiu apresentar-nos um telefone com um design muito agradável, em especial na capa traseira, onde nos apresentam um material texturado, ideal para evitar o aparecimento de riscos.

Os únicos botões físicos que existem (de volume e de power) estão localizados na lateral esquerda do telefone e são facilmente acessíveis com uma mão, mesmo tendo em conta a dimensão do telefone. O botão home não é físico, estando disponível no próprio ecrã. Na parte frontal contamos ainda com o sensor de impressões digitais. Na traseira, para além do plástico texturado, destacam-se as câmaras. Um ponto muito positivo foi o facto de a Huawei ter conseguido que as lentes das câmaras ficassem ao nível da capa traseira, sendo que a parte traseira é completamente plana.

O novo Huawei P10 plus vem equipado com um ecrã LCD de 5,5″, com resolução Full HD. O tamanho do ecrã faz-se notar bem, sendo que nos obriga a andar com parte No entanto, é muito confortável e ergonómico na mão , estando os botões e o sensor de impressões digitais bem acessíveis. No entanto, não podemos deixar de fazer notar que a resolução do ecrã é algo que desilude, em especial num ecrã destas dimensões. Também o contraste do ecrã deixou algo a desejar, em especial com condições de muita luz, onde se torna difícil ver o ecrã.

Desempenho

O novo Huawei P10 plus vem equipado com o processador Hisilicon Kirin 960, Octa-core (4×2.4 GHz Cortex-A73 & 4×1.8 GHz Cortex-A53), apoiado por 6 GB de RAM e por 128 GB de memória interna, na versão ensaiada. A unidade gráfica Mali-G71 MP8 apresenta um desempenho muito fluído a correr jogos ou video. No entanto notamos um aquecimento algo exagerado, por exemplo, a correr vídeos no youtube.

Utilizando a aplicação Antutu V 6.0, conseguimos obter uma pontuação de 128638 pontos e no Geekbench obtivemos uma pontuação de 5140 pontos em modo multi-core e 1837 pontos em modo single core. Ficamos algo desiludidos com a pontuação no Antutu, dado que, por exemplo, o Huawei P10 por nós testado pontuou 145000 pontos. No entanto, nunca tivemos problemas de desempenho. A utilização sempre foi fluída mesmo correndo várias aplicações ao mesmo tempo.

Destacamos também o excelente desempenho do sensor de impressões digitais. A taxa de sucesso durante a nossa utilização foi de 100% e a sua localização é excelente.
Câmara

Como já vem sendo costume, desde que a Huawei fez a parceria com a Leica, as câmaras dos seus telefones têm-se apresentado como excelentes opções para as fotografias do dia a dia. O principio de funcionamento mantém-se: uma câmara regista a cores e outra a preto e branco. Deste modo, podemos, de uma forma digital, brincar com distâncias focais e obter efeitos de bokeh muito interessantes. Uma novidade deste telefone, ao contrário do que acontecia com o P9 Puls, é o facto de podemos fazer os efeitos bokeh ao vivo na própria câmara, disponibilizando a Huawei um modo que permite alterar digitalmente a abertura da lente.

Os sensores, um de 20 MPx e outro de 12 MPx apresentam uma qualidade acima da média permitindo tirar fotos excelentes em boas condições de luminosidade. Quando falta a luz, os sensores comportam-se de um modo muito aceitável, muito graças à grande abertura da lente (f/1.8).

A aplicação é muito intuitiva e permite brincar com as funcionalidades das duas câmaras ao vivo, ou seja, podemos ver os efeitos mesmo antes de premir o botão de disparo.

Veredito: Huawei P10 Plus

O novo Huawei P10 Plus apresenta-se como uma excelente opção para quem procura um topo de gama e cuja especificação prioritária seja a qualidade da câmara. A Huawei apresenta-se com um design muito apelativo e ergonómico com uma excelente escolha de materiais e de cores.

Pontos positivos:

Qualidade da câmara;
Ergonomia;
Desempenho;
Design
Qualidade de som.

Pontos negativos:

Aquecimento excessivo;
Resolução Full HD.

Agradecemos desde já à Huawei por nos ter facultado o Huawei P10 Plus para nossa análise, sendo que o equipamento já se encontra à venda nas lojas de retalho por 799,99€. (Mais Tecnologia)

por Tiago Paiva

DEIXE UMA RESPOSTA