Ler Agora:
Gabão examina ameaças contra Ali Bongo
Artigo completo 2 minutos de leitura

Gabão examina ameaças contra Ali Bongo

As autoridades do Gabão estão a investigar as ameaças de um crítico do presidente Ali Bongo, que deu um ultimato ao presidente gabonês, para demitir-se antes da chegada de uma equipe do Tribunal Penal Internacional esta semana.

As ameaças incluem uma advertência de que edifícios governamentais foram armadilhados com explosivos e foi divulgada quando homens armados invadiram os escritórios de vários meios de comunicação na sexta-feira, 16, exigindo a transmissão de uma mensagem de áudio e vídeo que exorta os cidadãos gaboneses a se revoltarem.

O ultimato foi feito por Roland Desire Aba’a Minko, apoiante do líder da oposição, Jean Ping, derrotado por Bongo nas eleições presidenciais do ano passado.

A equipe do ICC chegará terã-feira (amanhã), para investigação preliminar das reivindicações de violência pós-eleitoral por Ping e 15 organizações não-governamentais.

Minko foi detido pela polícia após um discurso público em Libreville, no qual exigia que Bongo se demitisse em 72 horas.
Durante o discurso, homens com máscaras e facas alegando representar Minko invadiram vários meios de comunicação públicos e privados, incluindo a emissora estatal Gabão Televisões.

Um “incidente de segurança” também foi relatado no escritório da delegação da União Européia em Libreville.

O promotor estatal Steeve Ndong Essame Ndong disse que abriu um inquérito dado a “extrema gravidade das declarações”. (Africanews)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »