França elege seu futuro político no primeiro turno das eleições legislativas

(AFP 2017/ Christophe Petit Tesson / POOL)

Hoje (11), às 8h da manhã (3h00, horário de Brasília), na França foram abertas as primeiras zonas de votação, onde os cidadãos franceses vão expressar suas preferências no âmbito do primeiro turno das eleições legislativas.

A França deve eleger 577 deputados da câmara baixa do parlamento, isto é, da Assembleia Nacional, sendo que na lista dos candidatos figuram mais de 7.800 políticos.

Os deputados franceses se elegem em conformidade com o sistema maioritário uninominal, ou seja, uma circunscrição elege só um candidato, sendo que é possível vencer no primeiro turno só caso um político ganhe a maioria absoluta dos votos.

Nas zonas onde não houver maioria de votos, o segundo turno das legislativas será realizado, dado que uma maioria simples de votos será suficiente.

De acordo com os resultados da sondagem, conduzida pela Ipsos/Sopra Steria publicados nesta sexta-feira (9), o movimento La République En Marche! que levou Emmanuel Macron à presidência pode receber por volta de 31% dos votos eleitorais, ou seja, entre 397 e 427 dos assentos totais no parlamento.

As maiores forças de oposição, partido Os Republicanos e seus aliados, talvez recebam aproximadamente 22% dos votos, isto é, entre 95 e 115 dos assentos. O partido de Marine Le Pen, ex-candidata à presidência e ex-rival de Macron, Frente Nacional, pode ganhar 17% dos votos, quer dizer, entre 5 e 15 dos assentos legislativos.

De acordo com informações recentes, ao meio-dia (6h00 horário de Brasília) o comparecimento dos eleitores se aproximou dos 20%. Além disso, foi comunicado que o presidente recém-eleito francês já votou, acompanhado pela sua esposa Brigitte. (Sputnik)

DEIXE UMA RESPOSTA