Embaixador da CPLP considera importância da exposição sobre heroínas africanas

(DR)

O embaixador da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Luís de Almeida, considerou sexta-feira, em Lisboa, a importância da divulgação da exposição sobre “Heroínas africanas na luta de libertação contra o colonialismo português” para a divulgação da história e da luta dos povos africanos.

O diplomata que falava durante um encontro com a direcção da Plataforma para o Desenvolvimento da Mulher Africana (Padema) salientou ser necessário a realização da referida exposição nos países africanos como Angola, Guiné Bissau e Moçambique.

O também antigo combatente manifestou a sua vontade em contactar entidades oficiais para a efectivação deste projecto.

Para o embaixador, iniciativas do género devem ser realizadas constantemente e envolver instituições dos respectivos países.

A Plataforma para o Desenvolvimento da Mulher Africana (Padema) realizou de 7 a 15 de Junho, no Museu de Aljube, em Lisboa, uma exposição documental e biográfica sobre “Heroínas africanas na luta de libertação contra o Colonialismo português”.

A exposição retratou a vivência das heroínas angolana Deolinda Rodrigues, da moçambicana Josina Machel e da guineense Titina Silá. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA