Cabinda: Apresentado ante-projecto de saneamento de águas residuais

Vista parcial da Cidade de Cabinda (DR)

Um ante-projecto de saneamento e construção de Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR), nos condomínios de Buco-Ngoyo, Vila-Olimpica e Vila Esperança, foi apresentado, hoje, quinta-feira, nesta cidade, em acto presenciado pela governadora provincial, Aldina da Lomba Catembo.

No acto de apresentação do ante-projecto, para o município sede de Cabinda, a governadora Aldina Catembo disse tratar-se de um projecto piloto a ser estendido posteriormente à outros bairros da cidade de Cabinda e aos municípios do interior, Cacongo, Buco-Zau e Belize.

O ante-projecto, apresentado por técnicos da empresa ADS-BIDATEK Engenharia, numa parceria angolano-espanhola, assume-se como uma solução com tecnologia sustentáveis com recurso a filtros biológicos e tratamento das águas residuais, através de minhocas, resultando em adubo orgânico para agricultura e água que poderá ser reutilizada para limpeza e tratamento dos jardins.

Como vantagens do ante-projecto, salientam-se a simplicidade de operação, baixo custo de operação, não utilização de reagentes químicos, mínimo impacto ambiental, consumo energético mediante instalação de paneis solares, dentre outras.

Com duração de nove (9) meses, o projecto é avaliado em 4 milhões e 600 mil euros para a construção da ETAR nos condomínios da Aldeia Olímpica e do Buco-Ngoyo e um milhão e 924 euros para a Vila Esperança.

O Presidente do Conselho de Administração da ADS-BIDATEK Engenharia, Miguel Panzo, adiantou que a estratégia está definida para poder avançar com o projecto e trabalhar com as equipas competentes para a sua implementação.

Para o secretário provincial da Energia e Águas, André Massanga, por ser um projecto-piloto e destacar os três condomínios, trará melhorias uma vez que os mesmos possuem condições de urbanização e água para um projecto de alta tecnologia. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA