Ler Agora:
Cuanza Norte: Sector da saúde no Quiculungo reforçado com novos técnicos
Artigo completo 2 minutos de leitura

Cuanza Norte: Sector da saúde no Quiculungo reforçado com novos técnicos

O sector da saúde no município do Quiculungo, província do Cuanza Norte, foi reforçado com 10 novos técnicos, entre médico, enfermeiros e agentes administrativos, admitidos recentemente, no quadro de um concurso público de ingresso de novos funcionários, realizado em 2016.

De acordo com o director local da Saúde, António Domingos Mucage, que revelou o facto, sexta-feira, à Angop, na circunscrição, dos técnicos que engrossaram o sector consta um médico, seis enfermeiros, um técnico de diagnóstico e terapeuta e dois agentes administrativos.

“Os mesmos foram colocados no hospital municipal, para reduzir as insuficiências relacionadas com a falta de técnicos”, disse.

António Mucage, considerou o número aquém das necessidades que a circunscrição necessita, visto que a rede sanitária local é composta por 11 unidades sanitárias.

Antes, o sector da saúde no município era assegurado por 31 enfermeiros (entre técnicos superiores, médios e básicos), um técnico superior de diagnóstico e terapêutica e outro de nível básico bem como outros 21 funcionários administrativos e de apoio hospitalar, sem nenhum médico.

O responsável realçou os esforços do Executivo na criação de condições humanas e materiais para assegurar a assistência médica e medicamentosas às populações.

O município de Quiculungo, situado a 136 quilómetros de Ndalatando, capital do Cuanza Norte, tem uma rede sanitária constituída por um hospital municipal, oito postos de saúde, um centro de tratamento de doenças infecto-contagiosa e uma sala de partos. (ANGOP)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »