Comissão ministerial angolana vistoria situação de refugiados da RDC

Ministro da Assistência e Reinserção Social, Gonçalves Manuel Muandumba (Foto: Pedro Parente)

Uma comissão interministerial avalia na província angolana da Lunda Norte as condições dos refugiados da República Democrática do Centro (RDC), cujo número ultrapassa os 23 mil.

A delegação é chefiada pelo ministro da Reinserção Social, Gonçalves Mwandumba, e integrada por vários secretários de Estado.

A avaliação da situação dos refugiados da Lunda Norte está a ser monitorizada pelas Nações Unidas.

Ontem, a Comissão Interministerial esteve no Município do Lovuo, onde estão a ser criadas as condições para albergar, em definitivo, todos os refugiados que se encontram nos campos provisórios de Cacanda ede Mussungue.

O Director Provincial da Lunda Norte da Saúde, José Gime Nhunga, igualmente membro da comissão multisectorial de apoio aos refugiados, criada por despacho do governador daquela província, Ernesto Mwangala, disse á VOA que diariamente chegam refugiados em estado de saúde muito debilitado.

Entretanto, no encontro mantido com a Comissão Interministerial, o governador da Lunda Norte, Ernesto Mwangala, manifestou a necessidade de um encontro com os seus homólogos das províncias vizinhas da RDC para com eles debelarem a situação prevalecente de refugiados provenientes daquelas regiões. (Voa)

DEIXE UMA RESPOSTA