Autoridades sanitárias do Cuvango registam aumento de casos de mal nutrição

(HUÍLA: CLAÚDIO MARIA - DIRECTOR MUNICIPAL DA SAÚDE DO CUVANGO_Angop)

Dois mil e 373 casos de mal nutrição, com quatro óbitos foram, no primeiro trimestre deste ano, registados no município do Cuvango, 345 quilómetros a leste da cidade do Lubango, província da Huíla, pelas autoridades sanitárias local.

A informação foi hoje, quinta-feira, prestada à Angop, pelo director municipal da saúde, Cláudio Maria Afonso, que sublinhou ter havido um aumento de 223 casos e redução de oito mortes em relação a igual período de 2016.

Fez saber que os casos foram, na sua maioria, notificados na sede do município e na comuna de Galangue, Vicungo, e na localidade do quilómetro 50.

O responsável disse que a direcção da saúde local tem estado a realizar acções de sensibilização no seio das comunidades, na perspectiva de pautarem por uma dieta alimentar saudável e manter as casas limpas.

Para colmatar a situação, Cláudio Maria Afonso informou que a direcção da saúde entregou às famílias afectadas pela doença bens de primeira necessidade e papas nutritivas para recuperar as crianças.

O município do Cuvango tem uma população estimada em 78 mil e 543 habitantes, com três comunas, nomeadamente Vicungo, Galangue e Sede. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA