Tribunal no Zaire condena agente da polícia por deserção

(DR)

Um agente da Polícia Nacional colocado no Comando Municipal do Nzeto, província do Zaire, foi condenado hoje, sexta-feira, nesta vila, a 11 meses de prisão, pelo Tribunal da Região Naval Norte, por crime de deserção.

De acordo com o acórdão lido pelo juiz vogal do Tribunal Naval Norte, capitão-de-fragata Gaspar João, em Outubro de 2016, o réu Manuel Augusto Mampuya deslocara da sua unidade para a cidade de Mbanza Congo, num período superior a quatro meses, sem a prévia autorização do seu superior hierárquico.

Segundo ainda o magistrado, após inspecção realizada pelo Comando Municipal do Nzeto da Polícia Nacional notou-se a ausência deste no local de trabalho, tendo sido lhe instaurado um mandado de captura que culminou com a sua detenção em Fevereiro deste ano.

Discutida a causa, asseverou o juiz, o tribunal aprovou que o réu cometeu crime de deserção previsto e punível na Lei dos Crimes Militares. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA