Trump coloca ‘EUA em último’ ao cortar orçamento diplomático

Trump propôs nesta quinta-feira reduzir em pelo menos 28% o orçamento do Departamento de Estado e de sua agência de desenvolvimento internacional USAID e limitar em 25% as contribuições dos Estados Unidos a missões da Nações Unidas (Afp)

O presidente Donald Trump colocará os “Estados Unidos em último” ao cortar o orçamento da diplomacia, declarou a ex-secretária de Estado Madeleine Albright, parodiando a frase “Estados Unidos primeiro” do mandatário.

“Em termos de nossa influência e nossa reputação no mundo, a serra eléctrica no orçamento do Departamento de Estado colocará os Estados Unidos em último” lugar, twitou a ex-chefe da diplomacia americana do então presidente Bill Clinton.

Albright, 79 anos, afirmou que “os cortes de 36% no orçamento do Departamento de Estado e da política internacional propostos pela administração Trump melhorarão muito pouco a saúde orçamental de nossa nação”.

Ao contrário, ele “irá minar a influência de nossa nação no exterior e nossa segurança sobre o nosso solo”.

“É arbitrário, mal inspirado e perigoso”, denunciou Albright, “estimulando os republicanos e democratas no Congresso a se colocarem contra estes cortes” orçamentais.

Trump propôs nesta quinta-feira reduzir em pelo menos 28% o orçamento do Departamento de Estado e de sua agência de desenvolvimento internacional USAID e limitar em 25% as contribuições dos Estados Unidos a missões da Nações Unidas. (AFP)

DEIXE UMA RESPOSTA