Ler Agora:
Malanje: OMA quer participação activa de militantes no registo eleitoral
Artigo completo 2 minutos de leitura

Malanje: OMA quer participação activa de militantes no registo eleitoral

Com vista ao exercício do direito de voto por um número expressivo de mulheres no pleito eleitoral de Agosto próximo, a Organização da Mulher Angolana (OMA), quer maior engajamento e entrega das militantes a nível do município de Luquembo, no registo e actualização de dados, a escassos dias do fim do processo.

Para alcance dessa meta, a primeira secretária provincial da OMA, Joana de Jesus, apelou sexta-feira aos militantes da agremiação, no sentido de cumprirem com esse dever cívico e obrigatório que garante condições para a votação e consequente vitória do MPLA nas eleições.

Ao falar durante um encontro que manteve com a massa militante da circunscrição, inserido no quadro dum périplo que desenvolve desde quinta-feira à Região Songo, que compreende os municípios de Luquembo, Quirima e Cambundi-Catembo, Joana de Jesus, precisou que para o MPLA sair vitorioso nas próximas eleições gerais, é fundamental que haja total empenho e dedicação das militantes, pelo que devem ser permanentes agentes de mobilização para o registo eleitoral, junto dos seus bairros, aldeias e comunas.

Por outro lado, a secretária da OMA apelou igualmente às autoridades tradicionais do município, no sentido de desenvolverem acções voltadas à intensificação das campanhas de mobilização da população para a promoção do registo eleitoral, porquanto termina já dentro de 14 dias (31 deste mês).

Situado a 275 quilómetros a leste da cidade de Malanje, o município de Luquembo compreende seis comunas, nomeadamente Dombo-wazanga, Rimba, Capunda, Quimbango, Cunga Palanca e a sede municipal), cuja população é estimada em 51 mil e 647 habitantes. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »