Itália evacua 22 soldados feridos do Exército líbio para tratamentos em Roma

Bandeira da Líbia (D.R)

Vinte e dois soldados feridos do Exército líbio dirigido pelo marechal Khalifa Haftar foram evacuados por Itália para ser tratados em Roma, indicou o Ministério italiano da Defesa citado esta sexta-feira pela imprensa líbia.

Alguns destes soldados participaram nos combates dos últimos dias pelo controlo dos portos petrolíferos de Ras Lanouf e de al-Sidra, na província do Crescente Petrolífero, no leste do país, precisaram estas mesmas fontes.

A transferência dos feridos foi garantida por um avião militar italiano medicalizado de tipo C-130-J, a partir da base aérea de Benina, construída na cidade líbia de Benghazi, para a capital italiana, Roma, onde eles serão tratados num hospital militar, precisa a fonte.

Itália abriu um hospital de campanha militar no ano passado, em Misrata, e efectuou várias operações de evacuação aérea de feridos desde o início do ano de 2016, lembre-se. (PANA)

DEIXE UMA RESPOSTA