Cuando Cubango: Projecto agro-industrial avaliado em USD 200 milhões

Máquina de colheita de arroz (Foto: Armandio Morais)

Um projecto agro-industrial, avaliado em USD 200 milhões, uma iniciativa de empresários Namíbianos, começa a ser implementado ainda este ano, na cidade de Menongue, capital da província do Cuando Cubango.

Para o efeito, uma delegação, composta pelo cônsul-geral da República de Angola no Rundo – Namíbia, Gilberto Pinto Chikoti, cônsul de Angola em Frankfurt – Alemanha, Manuel Adão Domingos, e três empresários namibianos, trabalhou este fim-de-semana em Menongue.

Durante 24 horas, a delegação reuniu-se com o governador do Cuando Cubango em exercício, Ernesto Fernando Kiteculo, com o presidente da Câmara de Comércio e Indústria da província, Longui António Bongue, e com um dos representantes da Unidade Técnica de Investimento Privado.

Nesta primeira deslocação ao Cuando Cubango, os empresários namibianos visitaram uma das áreas onde será implementado o referido projecto, com a finalidade de constatar as condições que o terreno oferece, tendo, por isso, recolhido parte do solo para análises.

Em declarações à imprensa, o presidente da associação das cooperativas da Namíbia, Rudolph Van Heeden, disse que numa primeira fase o projecto iniciará com 50 empresários apenas nambianos e na segunda estarão incluídos sul-africanos, tendo avançado que o arranque dependerá somente do governo provincial agilizar a situação do processo da legalização do título do terreno de 30 mil hectares.

O projecto, avançou o empresário, engloba áreas como aquicultura, criação de gado, produção do milho, frutas diversas, sendo que a produção será para o consumo interno de Angola e outra para exportação.

Rudolph Van Heeden, director da empresa Green Sky – Agricultural Solucions, disse que a par da água, Cuando Cubango tem vastas terras férteis. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA