Uíge: Chuva deixa mais de 200 famílias sem residências

Quatro casas ficaram destruídas pela força da água (Foto: Reprodução/TV Gazeta Sul/ARQ.)

Duzentas e 82 famílias dos municípios de Maquela do Zombo e Uíge ficaram sem casas em consequência das chuvas que se abateram de Janeiro a 27 de Fevereiro do corrente ano, na província do Uíge, informou hoje, segunda-feira, o chefe de Protecção Civil e Bombeiros no Uíge, Eduardo André Pereira.

Especificou que durante este período foram destruídas 232 residências no município de Maquela do Zombo e 49 no Uíge. tendo danificado igualmente quatro igrejas, uma casa social e três escolas.

Fez saber que no município do Uíge os efectivos da corporação registaram também a inundação da ponte sob o rio Caquiuia, o desabamento das paredes dos quintais da Delegação provincial do Interior e do Estádio “4 de Janeiro”.

Solicitou na ocasião, a intervenção urgente das estruturas competentes para que se reestabeleça a situação na região. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA