Toys’R’Us instala “muro” entre México e Estados Unidos em loja de Gaia e causa indignação

Um muro, um sinal de Stop, um polícia e duas setas, uma a apontar para "México" e outra para "USA" à entrada da loja de Gaia (Miguel Layun)

A denúncia foi feita pelo jogador do FC Porto Miguel Layun. Na fotografia, vê-se um muro com um polícia, um sinal de Stop e duas placas para “México” e “USA” à entrada da loja. A marca já respondeu.

Um muro, um sinal de Stop, um polícia e duas setas, uma a apontar para “México” e outra para “USA”. É este o cenário presente na loja da Toys’R’Us do GaiaShopping, em Gaia.

A instalação à entrada da loja da cadeia internacional de brinquedos, uma representação do muro prometido por Donald Trump na fronteira entre os Estados Unidos e o México, foi fotografada pelo jogador do F. C. Porto Miguel Layun, que é mexicano, e que partilhou a imagem no Twitter. “Que triste que o Toys’R’Us de Gaia tenha este tipo de decoração. Optámos por sair quando vimos esta ‘brincadeira’”, escreveu o futebolista na rede social.

No Instagram, Layun foi mais contundente:

Não me espanta, mas parece-me uma falta de respeito por parte da Toys’R’Us em Gaia ter esta decoração. Uma mensagem pouco apropriada para crianças. Deixemos que cresçam sem preconceitos”.

Entretanto, a Toys’r’us internacional já respondeu ao jogador, através do Twitter. “Isto não representa o que somos”, lê-se na mensagem, que garante que a empresa contactou “imediatamente a administração da loja em Portugal para resolver este assunto”.

O Observador contactou a loja de Gaia, que se recusou a prestar declarações. A funcionária que atendeu o telefone e não quis identificar-se apenas afirmou: “Nós não temos nada a dizer”. A mesma funcionária não confirmou se a instalação foi ou não retirada da loja. (Observador) por João Francisco Gomes

DEIXE UMA RESPOSTA