Presidente de Moçambique falou com líder da Renamo

Soldados moçambicanos num posto de controlo de Vanduzi, na zona da Gorongosa. 26 de Maio de 2016. (JOHN WESSELS / AFP)

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, falou por telefone, esta sexta-feira, com o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, para que o que foi acordado nos contactos anteriores não seja violado. O anúncio foi feito por Filipe Nyusi num comício popular na cidade de Tete.

Numa altura em que o país vive o período de tréguas militares, o chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, anunciou que manteve, esta sexta-feira, um contacto telefónico com o líder da Renamo, Afonso Dhlakama. A declaração foi feita durante um comício popular na cidade de Tete, no centro do país.

“É preciso vigilância de todos nós para que não haja oportunistas no seio deste processo, para nós podermos dar o tempo para falar-se, para se chegar à conclusão, e este país acabar a guerra”, afirmou o chefe de Estado.

A conversa telefónica entre o presidente da República e o líder da Renamo acontece numa altura em que se aproxima o 4 de Março, fim do período de 60 dias das trégua militar acordada entre as partes.

A Renamo denunciou, em meados de Janeiro, em Nampula, alegadas ocorrências que violam o acordo de trégua militar concluído com as autoridades moçambicanas. A 10 de Janeiro, o porta-voz da Renamo, António Muchanga, tinha também denunciado provocações e violações ao acordo sobre o fim das hostilidades entre o seu partido e o governo de Moçambique. (Rfi)

DEIXE UMA RESPOSTA