Moxico: Líder da Unita prioriza agricultura para o desenvolvimento do país

Bandeira da UNITA (Wikipedia)

O sector da agricultura foi considerado sábado, no Luena, pelo coordenador da Unita na região leste da Angola, Domingos de Oliveira, de prioritário no processo de diversificação e consequente desenvolvimento do país.

“Ninguém pode desenvolver a economia de um determinado país, esquecendo o sector da agricultura”, disse o dirigente politico quando falava à Angop horas antes do início da sua II reunião ordinária.

Para tal, acrescentou, o executivo tem que investir neste sector para permitir potenciar os agricultores com tecnologias modernas e “inputs” necessários para aumentar a produtividade e facilitar a circulação dos produtos do campo para cidade e vice-versa.

Defendeu por outro lado, o apoio a mulher rural, por ser a franja da sociedade que mais contribui na produção dos bens alimentares que sustentam a população angolana.

Na ocasião exortou a camada feminina a interpretar bem os objectivos do milénio, aderindo as acções de formação académica para permitir o aperfeiçoamento das suas capacidades e, poder participar em pé de igualdade com o homem nos órgãos de decisão do país.

“Queremos uma representatividade da mulher em todos órgãos de soberania, igual aos homens, afirmou Domingos de Oliveira, aconselhando que tenham uma formação aceitável para facilitar a participação com competência nos fóruns políticos de governação e ocupar outras áreas que lhes são devido. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA