Ler Agora:
Luanda: Viana reflecte em torno dos direitos da criança
Artigo completo 2 minutos de leitura

Luanda: Viana reflecte em torno dos direitos da criança

As autoridades administrativas e as instituições de protecção a criança do município de Viana, em Luanda provem a partir de hoje encontros de reflexão e promoção dos direitos da criança naquela circunscrição, de modo a garantir mobilização social para o combate às práticas de violação dos menores.

A Administradora Adjunta local para a Área Política Social e da Comunidade ,Helena Vaz de Almeida, que presidiu o acto , proferiu que o combate a violência contra a criança exige o compromisso de todos os munícipes.

Para ela , esta participação que visa á busca de soluções concretas que evitem o sofrimento da criança , deve ser feita através de acções articuladas entre os vários sectores, envolvendo instituições públicas, privadas, religiosas e organizações da sociedade civil.

De acordo com a responsável, as redes de protecção e promoção dos direitos da criança, necessitam de contextualizar-se a nova dinâmica social, por serem constituídos no ano passado com uma visão diferente da actual.

Afirmou que com base em dados obtidos pelo projecto-piloto SOS criança, implementado em Viana, concluiu-se que com a integração de outros sectores, pode-se inverter a situação da violência à qual a criança é vítima, tais como fuga a paternidade, maus tratos, abuso sexual a menores, prática de feitiçaria, abandono de infantes e outros registos.

No encontro foram abordados diversos temas como “estado actual do funcionamento da Rede de protecção a criança em Viana, sistema de protecção a criança na prevenção e combate a violência, apresentação do programa SOS Criança, sua estrutura, funcionamento e estratégia de coordenação e implementação a nível nacional.

Contaram ainda da agenda assuntos como a reflexão sobre o então contexto de funcionamento da Rede de Protecção e promoção dos Direitos da criança em Luanda.

O encontro foi organizado pela administração Local e parceiros no quadro da Rede de Promoção da Criança, participaram no evento coordenadores das Redes de Protecção da Criança locais, entidades religiosas, representantes da sociedade civil e convidados. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »