Cabo Verde: cancro é a segunda causa de morte no país

Cancro da mama, da próstata e do colo do útero, são os que mais afectam a população cabo-verdiana. (Getty Images/Image Source)

Cancro da mama, da próstata e do colo do útero, são os que mais afectam a população cabo-verdiana. Por ano, 780 pessoas morrem vítimas de cancro no arquipélago. Os dados são da Associação Cabo-verdiana de Luta Contra o Cancro divulgados no âmbito do Dia Mundial de Luta do Cancro.

Os dois hospitais centrais do arquipélago que possuem serviços de oncologia, Baptista de Sousa, em São Vicente, e Agostinho Neto, na cidade Praia têm apostado na qualificação dos profissionais alertando que foco deve ser na prevenção do cancro.

A nível nacional, em Cabo Verde, o cancro da mama, da próstata e do colo do útero tem causado por ano entre 600 a 780 mortes.

Em África, de acordo com as últimas informações veiculadas pela Organização Mundial da Saúde, 530 mil pessoas morreram de cancro em 2015, das quais 60.600 devido ao cancro do útero e 55.120 de cancro da mama. (Rfi)

DEIXE UMA RESPOSTA