Ministério da Construção: Mensagem por ocasião do dia 3 de Dezembro-Dia do Construtor

Ministro da Construção, Artur Carlos Andrade Fortunato, fala à imprensa após ser empossado pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos (Foto: Francisco Miudo)

Por ocasião do 3 de Dezembro, “Dia do Construtor”, celebrado em homenagem aos profissionais da Construção Civil e Obras Públicas, instituída por proposta do primeiro Presidente de Angola, o Saudoso Dr. António Agostinho Neto quando, no ano de 1977, visitava as obras em curso no Município do Kilamba Kiaxi, gostaria de, em meu nome pessoal e, em nome de todos os responsáveis e profissionais do Ministério da Construção, endereçar um mensagem de apreço e reconhecimento a todos aqueles que, no sector, se têm assumido como elemento fundamental nas tarefas da construção de uma Angola nova.

Devemos lembrar e assumir, com orgulho, que foi das primeiras efemérides assumidas na Angola independente o que nos deve motivar quanto ao lugar e ao papel que nos é atribuído no contexto da edificação do nosso País.

Desde a conquista da Independência Nacional, em 1975, o sector da Construção e Obras Públicas, assumiu a responsabilidade de operacionalizar as acções do Governo no âmbito, da Reconstrução Nacional, que permitiu a recuperação de diversas Infraestruturas como Estradas, Pontes, Aeroportos, Universidades, Escolas, Hospitais, locais de lazer, espaços desportivo e culturais, sedes das Administrações comunais e municipais o que resultou na estabilização da vida nacional, após longos anos de guerra e, no seguimento do seu trabalho, a Construção das infraestruturas imprescindíveis ao desenvolvimento socioeconómico e cultural, indispensáveis ao bem estar da população, que tem permitido, nos dias de hoje, o desfrute, pelos angolanos, dos resultados dos grandes investimentos realizados pelo Governo e a projecção do País para outros níveis no seu posicionamento à escala da economia global.

Neste dia gostaria de reiterar o nosso compromisso com os grandes objectivos inscritos no Plano Nacional de Desenvolvimento e nos Programas superiormente aprovados assegurando que, não regatearemos esforços no sentido de contribuir, com a nossa prestação, no alcance das metas e objectivos estabelecidos e que serão sufragados nas eleições gerais previstas para 2017.

Temos a plena consciência de que os resultados do nosso trabalho contribuirão, de forma decisiva, na avaliação que os angolanos fazem, do desempenho do Executivo.

Ao assinalar o 39º aniversário do Dia do Construtor angolano, aproveito o ensejo para felicitar e homenagear os seus percursores e todos quantos, com elevado sentido de missão, tornaram possível a realização dos grandes objectivos do Estado e continuam firmes, nas suas frentes de trabalho como empreiteiros, projectistas, fiscais e consultores, procurando assegurar a melhor qualidade das obras, a sua durabilidade e a plena satisfação dos seus beneficiários que são, afinal, todos os angolanos.

GABINETE DO MINISTRO DA CONSTRUÇÃO,LUANDA AOS 01 DE DEZEMBRO DE 2016

O MINISTRO

ARTUR FORTUNATO

(nota de imprensa enviada à redacção do Portal de Angola com pedido de publicação)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA