Zimbabwe: Parlamentares da SADC reúnem em Harare

Presidente do Grupo Nacional de Acompanhamento às Organizações Parlamentares Regionais, Pedro Sebastião (Foto: Alberto Julião)

A cidade de Harare, capital do Zimbabwe, acolhe a partir de sexta-feira (11), a 40ª Assembleia Plenária do Fórum Parlamentar da SADC (FP-SADC), cujo ponto alto será a eleição da nova direcção da organização.

Angola, que já se faz representar por cinco deputados da sua delegação parlamentar, vai concorrer à presidência desse órgão regional, para suceder a Tanzânia.

O fórum, cujos trabalhos técnicos se iniciaram a 5 deste mês, com as reuniões das Comissões Permanentes, vai decorrer sob o lema “Apátridas na Região da SADC”, com representações de 13, dos 14 estados membros.

Trata-se de Angola, Moçambique, Namíbia, Ilhas Seychelles, África do Sul, Swazilândia, Zâmbia, Zimbabwe, Ilhas Maurícias, Malawi, Lesotho, República Democrática do Congo (RCD) e Botswana.

Segundo o deputado Pedro Sebastião, presidente do Grupo Nacional de Acompanhamento às Organizações Parlamentares Regionais, apenas o Madagascar (suspenso) estará ausente dessa Assembleia Plenária.

O parlamentar declarou à imprensa que, para Angola, o ponto mais importante dos trabalhos será a eleição da nova direcção do Fórum Parlamentar.

Fez saber que Angola apresentou terça-feira a sua proposta para presidente do Fórum Parlamentar.

Angola será candidato único à direcção do fórum (a RDC retirou a candidatura), mas ainda assim, segundo Pedro Sebastião, buscará uma eleição de consenso.

O deputado informou que, desde a sua chegada, a delegação angolana têm feito contactos com deputados e líderes parlamentares de outros países da SADC, no sentido de o país vir a ser eleito presidente.

Sublinhou que tudo está a ser feito para assegurar essa eleição de consenso, sublinhando que Angola tem as quotas em dia e presença regular nas diversas actividades do fórum.

De igual modo, referiu, o país tem “grande intervenção” nas decisões da organização.

Pedro Sebastião afirmou que ao longo do tempo, Angola tem feito pontes que não se resumem às presenças nas reuniões, mas na criação de empatia entre os seus deputados e os de outras regiões.

Além de eleger a nova direcção, a 40ª Assembleia Plenária do Fórum Parlamentar da SADC vai debater assuntos que preocupam a região, como a igualdade no género, promoção da mulher e desenvolvimento da juventude.

As sessões de trabalho estão a decorrer em duas comissões distintas, sendo Comércio, Indústria, Finanças e Infraestruturas; Alimentação, Agricultura e Recursos Naturais.

Para participar no evento, é aguardado nesta quinta-feira, em Harare, o presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA