Web Summit arranca hoje. Todos em Lisboa para cimeira de tecnologia

(Facebook / Web Summit)

Mais de 50 mil pessoas, entre empreendedores, startups e investidores de topo vão encontrar-se na Web Summit, cimeira que arranca hoje com uma cerimónia oficial em que participa o primeiro-ministro António Costa.

Chamada de ‘Davos para Geeks’, a Web Summit realiza-se este ano pela primeira vez em Lisboa, entre 7 e 10 de novembro, e traz consigo vários eventos paralelos que juntarão os mais institucionais e os mais informais, em momentos de discussão, mas também de descontração, como a Night Summit e os Pub Crawls ou a Surf Summit, que arranca já hoje na Ericeira.

A sessão de abertura, às 18:00, conta com a participação do primeiro-ministro, António Costa, de Paddy Cosgrave, fundador e CEO da Web Summit, do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, acompanhado pelo secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos e pela secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho. Em simultâneo, decorre a abertura do Lisbon Global Forum.

A sessão de abertura da cimeira da teconologia, que se desenvolve até dia 10, conclui-se com um jantar oferecido aos convidados pelo primeiro-ministro António Costa, no Palácio da Ajuda.

A cimeira tecnológica que nasceu em 2010 na Irlanda, e que se realiza pela primeira vez em Portugal, vai manter-se em Lisboa até 2020 e poderá prolongar-se por mais dois anos, havendo uma expectativa de retorno financeiro na ordem dos 175 milhões de euros para a edição de 2016.

Entre os mais de 50.000 participantes estarão 7.787 portugueses. Além dos que vêm da área tecnológica, a curiosidade é que muitos são de setores tradicionais como retalho, construção, escritórios de advogados e agricultura.

Os participantes são oriundos de mais de 165 países. Entre as principais, destacam-se Portugal (7.787), Reino Unido (7.486), Alemanha (4.175) e Irlanda (4.058).

Participam mais de 20.000 empresas, mais de 2.000 ‘startups’, 150 delas nacionais de topo, 663 oradores, 1.500 investidores, 7.000 presidentes executivos de empresas de tecnologia, desporto, moda, música e saúde, entre outras;.

A fazer a cobertura do evento estarão cerca de 2.000 jornalistas internacionais.

No Meo Arena e na FIL estarão montados 15 palcos temáticos, onde decorrerão 21 cimeiras temáticas: código, dados, conteúdo, design, empresas, moda, tecnologia de saúde, marketing, dinheiro, música, sociedade e universidade ‘start-up’ e máquina.

Estarão a ajudar a organização mais de 2.000 voluntários.

Mais de 6.000 jovens, entre os 16 e os 23 anos, compraram bilhetes a nove euros, 1% do valor habitual, no âmbito da iniciativa “Inspire Portugal”, promovida pela organização da Web Summit e pelo Governo português;

Entre os oradores internacionais vão estar algumas figuras de relevo internacional como – John Chambers, presidente Cisco Systems, Sean Rad, cofundador e presidente executivo (CEO) da Tinder, Mike Schroepfer, CTO (responsável pela área de tecnologia) do Facebook, Werner Vogels, CTO Amazon.com, Roberto Azevêdo, diretor-geral da Organização Mundial do Comércio, Joseph Gordon Levitt, ator (protagonista do filme ‘Snowden’”) e fundador da HiREcord, – Theresia Gouw, fundadora Aspect Ventures, Andrew McAfee, líder académico do MIT, Tom Hulme, sócio Google Ventures, Ronaldinho, futebolista e investidor, Zoome, Garrett McNamara, surfou a maior onda do mundo na praia da Nazaré, em Portugal, Tinie Tempah, rapper britânico, compositor e produtor musical e Andreja Pejic, modelo australiana de etnia bósnia croata e bósnia sérvia que se assume como mulher transgénero. (Noticias ao Minuto)

por Lusa

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA