Vice-presidente aborda preparação da comissão mista com embaixador congolês

Vice-presidente da República de Angola, Manuel Vicente (à dir.), recebe embaixador do Congo (à esq.) (Foto: Lucas Neto)

A preparação da oitava sessão da comissão mista Angola/Congo, visando o reforço da cooperação entre os dois países, foi discutida nesta sexta-feira, em Luanda, numa audiência que o vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, concedeu ao embaixador congolês, Jean Batiste Dzangue.

Em declarações à imprensa, o embaixador extraordinário e plenipotenciário da República do Congo disse que foi feito o balanço do grau de implementação das decisões da sétima reunião da comissão mista, ocorrida no ano passado.

Informou que a oitava sessão vai decorrer em Brazzaville (Congo), em data a anunciar, tendo em vista o fortalecimento das relações de amizade e cooperação entre os dois povos e governos.

Jean Batiste Dzangue disse ter transmitido uma mensagem de condolências do primeiro-ministro do seu país, Clément Mouamba, pelo falecimento de Avelino Eduardo dos Santos, irmão mais velho do Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos.

Adiantou que durante o encontro foram analisadas também questões de interesse regional, atendendo a posição geográfica e o papel que os dois países jogam na resolução de conflitos.

Por ocasião da sétima reunião da comissão mista Angola/Congo foram rubricados sete acordos de cooperação na presença dos Chefes de Estado dos dois países, José Eduardo dos Santos e Denis Sassou N’guesso, respectivamente.

Trata-se dos acordos nos domínios Técnico-Militar, Comércio Transfronteiriço, Transportes e Supressão de Vistos em Passaportes Diplomático e de Serviço, bem como nos domínios da Marinha Mercante, Aviação e Desportos.

Em Junho, as repúblicas de Angola e do Congo assinaram um acordo de cooperação policial nos domínios da formação de quadros, reforço da segurança ao longo da fronteira e incremento da troca de informações policiais.

As repúblicas de Angola e do Congo partilham uma fronteira terrestre que se estende por 201 quilómetros, ligando Cabinda (parte de Angola) a Pointe -Noire, província de Kouilou (Congo). (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA