Trump faz apelo à união nos EUA e diversifica equipa

Donald Trump pede aos norte-americanos para se unirem, depois de uma campanha “dolorosa”. O presidente eleito fez o apelo numa mensagem difundida na véspera do “Thanksgiving”, o feriado tradicional do dia da Ação de Graças nos Estados Unidos: “Acaba de terminar uma longa e dolorosa campanha política. As emoções estão ao rubro e as tensões não se aliviam de um dia para o outro. Infelizmente, não é rápido. Mas temos, diante de nós, a hipótese de fazer história juntos para trazer uma mudança real a Washington, uma segurança real para as nossas cidades e uma prosperidade real para as nossas comunidades.” Trump ofereceu ontem uma dose de diversidade à sua equipa, com a nomeação de uma jovem governadora de origem índia, Nikki Haley, para embaixadora da ONU, e uma outra mulher, Betsy DeVos, para a pasta da Educação. Segundo o Wall Street Journal, que cita fontes próximas do magnata, o presidente eleito poderá escolher o bilionário Wilbur Ross para Secretário do Comércio. O ex-neurocirurgião Ben Carson, antigo rival de Trump das primárias republicanas, estará a ser considerado para o posto de Secretário da Habitação e do Desenvolvimento Urbano. (Euronews)

Donald Trump pede aos norte-americanos para se unirem, depois de uma campanha “dolorosa”. O presidente eleito fez o apelo numa mensagem difundida na véspera do “Thanksgiving”, o feriado tradicional do dia da Ação de Graças nos Estados Unidos:

“Acaba de terminar uma longa e dolorosa campanha política. As emoções estão ao rubro e as tensões não se aliviam de um dia para o outro. Infelizmente, não é rápido. Mas temos, diante de nós, a hipótese de fazer história juntos para trazer uma mudança real a Washington, uma segurança real para as nossas cidades e uma prosperidade real para as nossas comunidades.”

Trump ofereceu ontem uma dose de diversidade à sua equipa, com a nomeação de uma jovem governadora de origem índia, Nikki Haley, para embaixadora da ONU, e uma outra mulher, Betsy DeVos, para a pasta da Educação.

Segundo o Wall Street Journal, que cita fontes próximas do magnata, o presidente eleito poderá escolher o bilionário Wilbur Ross para Secretário do Comércio.

O ex-neurocirurgião Ben Carson, antigo rival de Trump das primárias republicanas, estará a ser considerado para o posto de Secretário da Habitação e do Desenvolvimento Urbano. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA