Sarkozy reconhece derrota nas primárias e apoia Fillon para presidente de França

(Reuters)

O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy já reconheceu a derrota, este domingo, nas primárias do partido conservador para a nomeação do candidato às eleições presidenciais de 2017 em França.

Nicolas Sarokzy já reconheceu a derrota nas primárias destinadas a escolher o candidato que representará a centro-direita nas presidenciais do próximo ano. Com mais de 50% dos votos contados, o ex-presidente francês tem apenas 21% e não consegue ir à segunda volta.

O mais bem colocado, com as contagens fechadas em 8 das 10 assembleias de voto, é François Fillon, com 44,1%, e Sarkozy já disse que irá apoiá-lo. “Tenho grande estima por Alain Juppé, mas sinto-me mais próximo das escolhas políticas de François Fillon”, afirmou o ex-chefe de Estado, citado pela Reuters.

Assim, explicou Sarkozy, “votarei nele [Fillon] na segunda volta das eleições primárias”. François Fillon, recorde-se, foi primeiro-ministro no mandato presidencial de 2007-2012 de Sarkozy.

Alain Juppé segue com 22,8% dos votos. (Negocios)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA