São Vicente: Conferência Episcopal conclui trabalhos com “apelo forte” à protecção da vida humana

Mindelo, 13 Nov (Inforpress)

Conferência Episcopal Interterritorial, constituída pelos bispos de Cabo Verde, Guiné-Bissau, Senegal e Mauritânia, concluiu hoje, no Mindelo, os seus trabalhos com um “apelo forte” à protecção da vida humana e à preservação da família.

No comunicado final do evento, ficou consagrado que “novas ideologias actuais e vontades de certos grupos de pressão de as impor” levaram os bispos a uma reflexão sobre a protecção da vida humana.

Daí o apelo aos cristãos para preservarem a família, “património da humanidade, da fé cristã e das culturas africanas”, e para banir “toda a forma de pensar e acções” que a tentam pôr em causa.

Da mesma forma, na exortação à Quaresma 2017, um dos dossiês em debate, a conferência redigiu um documento que tem como tema “O matrimónio cristão: riquezas, exigências e missão”, com a intenção de ajudar os cristãos e prepará-los para celebrar a Páscoa.

Os bispos desejam, deste modo, na sequência dos dois sínodos sobre a família de 2014 e 2015 e da exortação de 2015, propor aos fiéis pistas para uma vida conjugal e familiar “realizada e enraizada em Jesus Cristo”.

A Conferência Episcopal Interterritorial, constituída pelos bispos de Cabo Verde, Guiné-Bissau, Senegal e Mauritânia, foi ainda ocasião para os bispos, a pedido do papa Francisco, responderem ao questionário para revisão e actualização do documento “Mutue Relaciones”, que tem por objectivo melhor harmonizar as relações entre os bispos e as congregações religiosas nas dioceses.

No documento final da conferência ficou explícita a preocupação de a mesma ser dotada de uma sede para “melhor organizar” o seu trabalho, visto ser “das raras” que não possui sede própria.

Durante a reunião, os bispos escolheram o passado dia 11 para uma jornada de oração e penitência pelas vítimas de abuso sexual e efectuaram ainda um conjunto de visitas a entidades, estruturas da Igreja local e algumas empresas sediadas em São Vicente.

Na manhã de hoje foi realizada a solene concelebração eucarística de encerramento do Ano da Misericórdia na diocese do Mindelo, no Largo da Igreja, ocasião em que foi expresso um agradecimento ao papa Francisco pela “feliz instituição” do Jubileu da Misericórdia, e, à tarde, na Praça Nova, prevê-se a realização de um espectáculo musical e artístico, denominado “Cantar a Fé”.

O certame será abrilhantado pelas vozes de Celina Pereira, Dino de Santiago, Cármen Sousa, Homero Fonseca, Sandra Horta, Jairson, Gai Dias, Dainira Veríssimo, Constantino Cardoso, Cláudia Sofia, Ana Azevedo e Zizi Vaz, entre outras.

Esta segunda-feira, os 12 bispos de Cabo Verde, Guiné-Bissau, Senegal e Mauritânia deslocam-se à ilha de Santo Antão.

O encontro do Mindelo, da Conferência Episcopal Interterritorial, que decorreu durante sete dias, contou com a presença dos bispos titulares do Senegal (7), de Cabo Verde (2), da Guiné-Bissau (2) e da Mauritânia (1), além do bispo auxiliar de Bissau e dos bispos eméritos que, igualmente, integram a conferência. (Inforpress)

AA/CP

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA