Reunião técnica avalia processo de registo eleitoral em Luanda

Registo Eleitoral (Foto: Francisco Miudo)

A evolução do processo de actualização do registo eleitoral ao nível da província de Luanda foi constatada nesta sexta-feira, durante uma reunião técnica orientada pelo secretário de Estado para os Assuntos Institucionais, Adão de Almeida.

A reunião, que decorreu no anfiteatro do Governo Provincial de Luanda, contou com participação das entidades directamente envolvidas na organização do processo,designadamente administradores municipais e seus adjuntos, bem como os directores municipais dos registos.

Os participantes balancearam a forma como Luanda tem vindo a assumir as suas responsabilidades no âmbito do Registo Eleitoral, que agora passou a incorporar a componente da emissão de cartões de segunda via e dos eleitores que se registam pela primeira vez.

No final do encontro, o director nacional das Tecnologias e Apoio aos Processos Eleitorais, António Lemos, disse à imprensa que o processo decorre normalmente, apesar de certa morosidade que tem se verificado por parte de alguns brigadistas.

Informou que com a introdução da nova componente da emissão de cartões e realização de novos registos, desde o dia 28 de Outubro, foram criados grupos para acompanhar a província de Luanda, no sentido de monitorizar o desempenho dos brigadistas.

Frisou que novo figurino do processo vai exigir que os brigadistas se apliquem mais em termos do domínio dos meios informáticos que estão a utilizar, com vista a dar maior celeridade ao atendimento dos cidadãos, sobretudo dos novos eleitores.

Neste âmbito, o responsável anunciou que no dia 5 deste mês será lançado um método denominado “Sábado 50”, que consistirá na “imposição” de cada brigadista efectuar 50 registos por dia, incluindo alguns incentivos para que o seu desempenho esteja a altura do desejável.

António Lemos enalteceu o papel que a comunicação social tem desempenho em termos da mobilização dos cidadãos, ao mesmo tempo que apelou aos profissionais do sector, no sentido de continuarem a trabalhar com o mesmo dinamismo e sagacidade para o êxito do processo. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA