Profissionais cubanos encorajados a cumprir com eficiência a sua missão

Huambo: Chefe de departamento político das Forças Armadas de Cuba, coronel Benigno Díaz (Foto: Júlio Vilinga)

Os professores e médicos cubanos que trabalham na província do Huambo foram encorajados nesta quarta-feira a cumprir da melhor forma a sua missão, ajudando na melhoria da situação social da população e consolidação das relações entre Angola e Cuba.

A mensagem de encorajamento foi lançada pelo chefe do Departamento Político do Sistema Empresarial das Forças Armadas Revolucionarias (FAR) de Cuba, coronel Benigno Castelo Díaz, no termo da visita de dois dias a esta província, efectuada por uma delegação daquele país da América Central.

Apelou os seus conterrâneos, em missão de serviço, a darem o melhor de si com disciplina e espírito de entrega.

Por outro lado, o coronel Benigno Castelo Díaz reconheceu que a comunidade cubana na província do Huambo está bem acomodada e possui boas condições de trabalho, referindo-se aos que prestam serviços em instituições de ensino superior e hospitais.

Por sua vez, o director local da Saúde, Frederico Juliana, considerou de positiva a cooperação entre os dois países, informando que há vantagens recíprocas, principalmente para Angola que, segundo admitiu, ainda tem défice de recursos humanos.

Deu a conhecer que nesta província trabalham 160 médicos, distribuídos pelos 11 municípios.

Nesta região, a delegação cubana manteve encontros separados com o Reitor da Universidade José Eduardo dos Santos, com o director-geral do Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED), com as direcções da Saúde e do Hospital Central. Visitaram também um monumento histórico que simboliza as relações entre Angola e Cuba. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA