Primeiro-ministro santomense admite sacrifícios

Primeiro-ministro são tomense, Patrice Trovoada (Rfi)

O Primeiro Ministro santomense apelou a população à calma face à actual conjuntura financeira do país.
Numa recente entrevista, Patrice Trovoada, reconhece que a situação está difícil e pediu algum sacrifício.

O Chefe do executivo santomense disse que o seu governo está envidar os esforços para inverter a situação assegurando melhorias para o próximo ano.

O desengajamento de alguns dos parceiros tradicionais de cooperação pode ter complicado as contas do governo são-tomense em relação ao cumprimento do Orçamento de Estado.

“Temos que fechar algumas torneiras, das poucas que ainda pingam”, afirmou o chefe do executivo de São Tomé e Príncipe. (Rfi)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA