Presidente da República consternado com morte de Fidel Castro

Presidente da República, José Eduardo dos Santos (arq) (Foto: Angop)

O Chefe de Estado Angolano, José Eduardo dos Santos, manifestou-se hoje, profundamente consternado pela morte do Líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, ocorrida sexta-feira em Havana.

Eis o termo da nota da Casa Civil do Presidente da República:

O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, manifestou-se hoje, dia 26 de Novembro de 2016, profundamente consternado ao tomar conhecimento do desaparecimento físico do Líder da Revolução Cubana e antigo Presidente da República de Cuba, Comandante Fidel Castro Ruz.

O Presidente José Eduardo dos Santos considerou Fidel Castro como uma figura impar de transcendente importância histórica que marcou a sua época pelo papel que desempenhou no seu país e nas grandes transformações da humanidade, em prol da liberdade, justiça social e desenvolvimento dos povos.

O Chefe de Estado angolano recordou na oportunidade a solidariedade que Cuba brindou à luta dos povos colonizados, em especial ao povo angolano, sublinhando a inesquecível contribuição daquele país, sob a sua liderança, na defesa e manutenção da soberania e integridade territorial de Angola, na resistência à agressão do então regime racista sul-africano.

O Presidente José Eduardo dos Santos transmitiu também as suas profundas condolências ao Presidente Raul Castro Ruz, ao Governo, ao povo cubano e à família enlutada, prestando a mais sentida homenagem à ilustre figura do inditoso Comandante Fidel Castro. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA