Presidente angolano defende reposição do tecido social na RCA

Presidente da República, José Eduardo dos Santos (Foto: Francisco Miúdo)

O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, defendeu nesta terça-feira, em Luanda, a necessidade urgente de se repor o tecido social afectado pelos conflitos destes últimos três anos, na República Centro-Africana (RCA).

Discursando por ocasião da visita de 24 horas do seu homólogo da RCA, Faustin Touadéra, no quadro do reforço da cooperação bilateral, José Eduardo dos Santos, augura para este país o regresso aos seus locais de origem das populações deslocadas e dando-se maior atenção, não só àquelas que se encontram distantes da capital, mas também às minorias religiosas.

Com efeito, prosseguiu o líder angolano, numa alusão à situação política de instabilidade na RCA, “só num clima de estabilidade e de respeito pelas instituições democráticas é possível criarem-se as condições para o desenvolvimento pleno das potencialidades deste país, dando satisfação às necessidades e aspirações desse povo”.

De acordo com o Chefe de Estado angolano, foram, de facto, essas populações as que mais facilmente foram influenciadas pelo radicalismo das forças rebeldes, que trataram de pôr em causa a autoridade do governo central sobre todo o território da RCA. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA