Polícia no município de Luanda privilegia igrejas no policiamento de proximidade

Superintendente Eduardo Diogo - comandante da Polícia Nacional no município de Luanda (Arquivo) (Foto: Angop)

O novo comandante da Polícia Nacional no município de Luanda, superintendente Eduardo Diogo, considerou a igreja como um parceiro privilegiado no processo do policiamento de proximidade implementado pela corporação.

Em declarações hoje, terça-feira, à Angop, devido para falar dos encontros que o comando distrital da Ingombota realiza com diversas igrejas sediadas na circunscrição, disse que as congregações religiosas ajudam no resgate dos valores morais e princípios da angolanidade.

Na sua opinião, a igreja é imprescindível na formação moral da pessoa com a qual as autoridades contam para promoção da paz, do amor, tolerância e respeito pela diferença.

Consciente da importância de que se reveste a igreja para as comunidades, avançou que a corporação privilegia o contacto com as igrejas, conversando com os fieis sobre a prevenção da criminalidade e da sinistralidade rodoviária.

Acrescentou que visitar as igrejas representa um acto de gratidão, igualmente pelo seu papel influente nas comunidades, onde a corporação pretende reforçar a sua aliança e confiança.

O oficial superior da Polícia Nacional referiu que nesta altura o materialismo e vícios afectam as sociedades, fazendo com que o amor ao próximo esfrie cada vez mais, “ por isso as igrejas são fundamentais para o resgate dessa virtude visto que a palavra de Deus é de amor, paz e abomina a avareza e outros comportamentos que visam promover o caos e a injustiça social ”.

Por este facto, instou a população, sobretudo jovens, a aderir as igrejas para que possam estar munidas de valores cristãos, uma vez que são fontes de equilíbrio, de formação pessoal e vida exemplar, aspectos importantes para combater a crise de valores com que se debate a sociedade actual.

Com mais de dois milhões de habitantes o município de Luanda engloba os distritos urbanos da Ingombota, Samba, Kilamba-Kiaxi, Rangel, Maianga e Sambizanga. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA