Nicarágua e Costa Rica declaram alerta preventivo por tempestade Otto

Imagem de satélite mostra a tempestade subtropical Hanna, a caminho da Nicarágua, no dia 27 de outubro de 2016 (Afp)

Autoridades da Nicarágua e da Costa Rica declararam na segunda-feira estado de alerta ante a formação da tempestade tropical Otto, que nesta semana pode se converter em furacão em frente à costa do Caribe, informaram fontes oficiais.

Na Nicarágua, as autoridades alertaram “todos os municípios da Região Autónoma do Atlântico Sul (RAAS) e os departamentos de Chontales, Zelaya Central e Río San Juan”, informou o co-director do Sistema Nacional para a Prevenção, Mitigação e Atenção de Desastres (Sinapred), Guillermo González.

A medida afecta 26 municípios da zona que pode ser impactada pelo fenómeno climático, onde o governo pediu a activação das equipes de socorro do Sinapred e a preparação dos planos de evacuação.

As equipes do Sinpared devem “revisar os planos de inundação, em especial das comunidades com maior risco de ser afetadas pela depressão tropical (agora tempestade), e revisar a disponibilidade de recursos” para atender as zonas que podem ser prejudicadas, detalhou González.

O fenómeno também afectou a Costa Rica com chuvas intensas nos últimos três dias, provocando inundações, principalmente na costa do Caribe.

A Comissão Nacional de Emergências (CNE) também declarou nesta segunda-feira todo o território nacional em alerta, com um chamado aos comités locais para que comecem a se mobilizar para prestar assistência em eventuais incidentes.

O Centro Nacional de Furacões (CNH) dos Estados Unidos informou que a tempestade tropical Otto se formou no mar do Caribe, cerca de 500 km diante da costa nicaraguense. (Afp)

DEIXE UMA RESPOSTA