Movimento pela independência da Califórnia apresenta proposta de referendo

(AFP 2016/ Mark Ralston / GETTY IMAGES NORTH AMERICA)

Activistas do movimento Sim Califórnia, que apoiam a ideia da independência da Califórnia dos EUA, apresentaram um documento propondo um referendo sobre a independência às autoridades locais, informou a média local.

O jornal The Los Angeles Times anunciou na segunda-feira (21), que o movimento apresentou ao Procurador-Geral dos EUA uma proposta de realizar um referendo “Calexit: Plebiscito sobre a independência da Califórnia em 2019”.

O neologismo “Calexit” é uma combinação das primeiras letras de Califórnia e da palavra inglesa “exit”, que significa saída.

O movimento pela independência decidiu tomar tal decisão depois da vitória de Donald Trump nas recentes eleições presidenciais, disse o jornal citando Marcus Ruiz Evans, cofundador e o vice-presidente do movimento.

Sim Califórnia é um movimento que assume que, para o estado meridional dos EUA, “será melhor se for um país independente”. Os activistas consideram que manter a situação actual (integrar os Estados Unidos) prejudica os interesses da Califórnia em diversas áreas, seja a economia, a segurança, a imigração, o ambiente e a educação entre outras.

Em 8 de novembro, Trump conseguiu vencer a sua oponente democrata Hillary Clinton nas eleições presidenciais nos EUA, apesar da maioria dos analistas e inquéritos de opinião preverem a sua derrota. A maioria dos eleitores da Califórnia apoiou Clinton. (Sputnik)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA