Moçambique: ajuda para vítimas da seca

São várias as regiões da África austral fustigadas pela seca caso aqui na África do Sul (REUTERS/Siphiwe Sibeko)

Cerca de 375 mil pessoas, afectadas pela seca em Moçambique, vão receber ajuda humanitária da plataforma CHEMO.

Um grupo que junta a Visão Mundial/Moçambique e a Food for Hungry ao qual se junta agora a Acção Agrária Alemã, que têm disponíveis vinte e três milhões de dólares para a ajuda necessária até Março do próximo ano.

Em Moçambique perto de um milhão e meio de pessoas afectadas pela seca precisam de ajuda urgente.

Uma das respostas já chegou por parte da plataforma CHEMO, que desde Abril deste ano tem prestado ajuda em diversas províncias do país. Visão Mundial, Food for the Hungry e agora a Acção Agrária Alemã como avança a respectiva Directora Nacional da Welthungerhilfe Caroline Peyre.

O apoio imediato vai até Março, altura em que a situação será reavaliada consoante a presente época chuvosa que já se faz sentir em algumas províncias moçambicanas, para uma possível extensão da ajuda.

Para a actual fase de ajuda humanitária as três organizações contam com cerca de 23 milhões de dólares, doados pelo governo dos Estados unidos, governo britânico, alemão entre outros países da União Europeia.

As populações afectadas das províncias de Sofala, Zambézia, tete no centro e Inhambane e Gaza na zona sul são as beneficiárias da ajuda. (Rfi)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA