Ministro do Interior presente na Assembleia-Geral da Interpol, em Bali

Ministro do Interior, Ângelo de Barros Veiga Tavares (Foto: Angop)

O ministro do Interior, Ângelo de Barros Veiga Tavares, participa de 7 a 10 de Novembro na 85ª Sessão da Assembleia-Geral da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol), em Bali, República da Indonésia.

No evento, além da abordagem de questões técnico-policiais, serão realizadas eleições para a renovação de mandatos, aos cargos de presidente da Interpol, vice-presidente para Europa e vogais para América e Europa, informou à Angop fonte do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério do Interior.

No conclave serão igualmente eleitos sete membros para a Comissão de Controlo de Ficheiros da Interpol, órgão incumbido de proceder ao controlo, processamento de dados pessoais e publicação dos mandados de captura internacional.

A propósito, o Ministério do Interior da República de Angola procedeu à apresentação da candidatura do superintendente-chefe Isaías da Silva Trindade, chefe do Gabinete de Intercâmbio e Cooperação do Serviço de Investigação Criminal (SIC), para ocupar uma das vagas existentes na Comissão de Ficheiros.

O ministro do Interior, que deixa hoje Luanda, é acompanhado pelo comandante-geral da Polícia Nacional, comissário-geral Ambrósio de Lemos, dos directores do SIC e do Gabinete de Intercâmbio e Cooperação do Minint, respectivamente o comissário-chefe Eugénio Pedro Alexandre e o comissário José Dembi.

A República de Angola é membro de pleno direito da Interpol desde 1982, tendo a sua filiação ocorrido durante a 51ª Sessão da Assembleia-Geral da Organização, realizada em Outubro de 1982, em Torremolinos, Reino de Espanha. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA